Banner Topo
CRECI-GO estabelece parcerias com instituições bancárias | CRECI-GO/ Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Goiás
Notícias
CRECI-GO estabelece parcerias com instituições bancárias | CRECI-GO/ Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Goiás O gerente comercial do CrediPronto, do banco Itaú, Guilherme Viana, e a consultora Stefânia Rodighiero, foram recebidos pelo presidente Eduardo Britto e pelo coordenador Vagner dos Santos (Robinho)
28 Junho 2019 09:33

CRECI-GO estabelece parcerias com instituições bancárias

Iniciativa visa estreitar relacionamento entre os bancos e os corretores de imóveis

Na última semana, o presidente do Creci de Goiás, Eduardo Britto, e o coordenador do Creci Social, Vagner dos Santos (Robinho), receberam na sede do Conselho o gerente comercial do CrediPronto, do Banco Itaú, Guilherme Viana Machado, e consultora de Crédito Imobiliário, Stefânia Rodighiero, para tratar sobre parceria entre as instituições.

Ao reconhecer a importância do corretor de imóveis no desenvolvimento das cidades e do mercado imobiliário, a instituição bancária propôs ações que promovem a melhoria no atendimento aos profissionais e a realização de treinamentos para a categoria sobre crédito e financiamentos imobiliários.

A reunião faz parte das iniciativas do Conselho para estreitar o relacionamento entre os profissionais e as instituições bancárias. Também foi realizado na última semana, o primeiro Banco do Brasil Responde, treinamento ministrado por consultores do BB para capacitar os corretores de imóveis. “As parcerias firmadas promovem a qualificação da categoria, ampliando seu conhecimento e possibilidades de atuação”, ressalta o coordenador Robinho.

Caixa e Creci combatem contraventores

Além das parcerias institucional e na venda de imóveis de interesse social por corretores de imóveis, a Caixa Econômica Federal e o Creci de Goiás estabeleceram cooperação no combate aos contraventores. A instituição bancária relatará ao Conselho informações de práticas irregulares que forem constatadas pelo banco, como o exercício ilegal da profissão, para que a fiscalização tome as devidas providências. “A proatividade da Caixa ao colaborar com o Conselho demonstra a deferência com a categoria”, comenta o presidente Eduardo Britto.

Comunicação do Creci de Goiás

 
  VOLTAR